Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O liberalismo, de Merquior

por jpt, em 23.05.06

merquiorliberalismo

José Guilherme Merquior, O Liberalismo. Antigo e Moderno (Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1991, p. 57):

"Na cosmologia clássica da ideologia cívica, a praxis, a acção de homens livres, foi colocada muito acima da poiesis, a produção do trabalho manual. Por que motivo? Porque enquanto o objectivo da poiesis reside no produto e, portanto, em algo que ultrapassa a actividade que o produz, a praxis ou acção é um fim em si mesma. Smith foi o primeiro teórico social de importância a inverter essa valorização: em A Riqueza das Nações, a práxis de políticos, juristas e soldados é redondamente depreciada, enquanto a produção passa por cima. O comércio e a manufactura, e não a prática da política ou a actividade guerreira, proporcionaram o modelo da actividade meritória. E esta mudança de valores implicava o abandono da propensão elitista incorporada à saudade cívica."

publicado às 21:58


comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos