Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sobre a Ilha de Moçambique

por jpt, em 13.03.08

Abaixo referi o destrutivo temporal na Ilha de Moçambique. Aí mesmo o visitante i.s.g. - o qual me avisa de que "nos conhecemos de modo irrelevante", assim esbroando ego alheio - deixou comentário que subo a post.

Alguém despedaçou a tua carnede novoe não foram homens antigos de cruz ao peitonem aqueles de máquinas fotográficasnem os outros(quaisquer que eles sejam).Minha Ilha.Foi um vento grandeum demónio (dizem os mais velhos)o céu líquido precipitado no teu corpo(como já estava ferido o teu corpo!)e foi um mundo de nuvensa colorir o teu azultanto que doeu demais.Masapós o espantodas tuas pedrasdas velasdo macútidas gentese desse mar de brilhovai renascer um sorriso doce.Vais continuar a ser um pedaço de chãoe almaa navegar.Mesmo em sanguevais acordar sempre para o sol.Eu sei.És a minha Ilhamesmo de corpo assimrasgado.

publicado às 17:08



Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos