Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Oração

 

Feliz possa caminhar.

Feliz com abundantes nuvens negras possa caminhar.

Feliz com abundantes chuvas possa caminhar.

Feliz com abundantes plantas possa caminhar.

Feliz por uma senda de pólen possa caminhar.

Feliz possa caminhar.

Como aconteceu em dias distantes possa agora caminhar.

Que defronte de mim tudo seja belo.

Que atrás de mim tudo seja belo.

Que debaixo de mim tudo seja belo.

Que por cima de mim tudo seja belo.

Que derredor de mim tudo seja belo.

Belo belo acaba aqui.

Belo belo acaba aqui.

 

(Texto navajo, versão de Herberto Hélder. Retirado de "Rosa do Mundo. 2001 Poemas Para o Futuro", Assírio & Alvim).

 

Para o Pedro, meu sobrinho-neto, que nasceu ontem.

publicado às 08:23

Andei à bulha

por AL, em 10.04.13

Gosto de andar a pé – passo apressado com rumo e cabeça alheada em divagações sem ele. Interiorizadas, acompanham-me aquelas pequenas regras que tanto irritam alguns amigos meus. Ontem valeram-me.

Quando dei por ele já era tarde para atravessar a estrada, mas consegui manter-me no lado de fora do passeio. Quando ele tentou manietar-me desconseguiu torcer-me o braço e eu consegui manter-me à distância possível – o espaço largo de manobra afinal era meu. Não era ele a empurrar-me contra obstáculo fixo, mas sim eu que o arrastava para o espaço livre da estrada. Vejo-o cerrar o outro punho no murro que antecipei e não chegou a acontecer. O olhar de vigilância que lançou por cima do meu ombro transformou-se em surpresa, indicando-me assim que alguém se aproximava do outro lado da rua. Aproveitei o momento. Libertei o meu braço dele cativo e depois de um rápido relance à estrada corri para o outro lado da rua onde me juntei ao casal que se aproximava e que, sem disso se aperceber, me tinha livrado de uma galheta. Virei-me para trás e ainda o vislumbrei a correr rua abaixo.

Andei à bulha na rua com um bandido e ganhei!, pensei ainda a tremer mas já com um sorriso. É verdade que ele de matulão pouco tinha mas eu, com um metro e meio de altura e 48 quilos de peso, ainda que uma grande mulher, dificilmente posso ser considerada uma mulher grande.

O saldo? AL – 1; bandido – 0

AL



publicado às 05:43


Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos