Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Costa do Sol

por jpt, em 22.05.13

Há alguns dias, lá fui ao meu "bye, bye, Costa do Sol". Domingo de manhã, tirei algumas fotos aos troncos abatidos. No ainda areal trabalhadores afadigavam-se a arrastar outros tantos, ou mais. Sou velho nisto, sei bem que nunca se fotografam pessoas sem pedir licença, nem que seja por aceno. Pois estava eu a fotografar o que aqui se vê, nacos vegetais, ali defronte à actual (por quanto tempo?) cooperativa de artesãos macondes, quando um dos trabalhadores, provavelmente capataz, começou aos gritos, como se eu estivesse a cometer uma qualquer ilegalidade. Ou, pelo menos, imoralidade.

A idade abateu-me e a época derreou-me. Percebi bem que se fosse há algum tempo logo me teria insurgido contra o atrevimento do homem, pois não há nada, nem lei escrita nem costumes, que me impeça de fotografar árvores caídas. Mas agora encolhi os ombros e meti-me no carro. A pensar em quem teria dito ao homem, ali a fazer o seu trabalho o melhor que sabe, com toda a certeza, que é proibido fotografar a desanimadora paisagem.

Tags:

publicado às 16:15


Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos