Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Pasmado

por jpt, em 03.05.15

Horace-McCoy--design-Victor-Palla--1957.jpg

 

(capa de Victor Palla, edição de 1957)

 

fico eu, ao ler a verdadeira notícia portuguesa deste fim-de-semana: o primeiro-ministro Passos Coelho inaugura uma queijaria e aproveita para elogiar Dias Loureiro, "empresário bem sucedido e etc. e tal". Estamos em 2015, durante os últimos anos no país as trapalhadas têm-se sucedido e Dias Loureiro é um dos mais conhecidos (ex)políticos metidos até ao pescoço em tudo o que adornou o país. E Passos Coelho admira-o e recomenda-o "às boas gentes" lá de Aguiar da Beira, de onde o famigerado é, ao que parece, oriundo.

 

Um dos mitos caridosos desta era é aquele que reza "por um voto se ganha, por um voto se perde". É mentira, ganham-se eleições através da adesão de muitos milhares de pessoas. Um voto vale quase-quase nada. Por isso pouco importará aos políticos. Mas esse quase-nada meu voto, que estava reservado para a coligação liderada por Passos Coelho (é preciso barrar o socratismo em avatar "Costa"), perdeu-o ele com esta aleivosia. Definitivamente. 

 

 

publicado às 21:37

A Ilha em Lisboa

por jpt, em 03.05.15

mvf ilha.jpeg

 (Ilha de Moçambique, fotografia de Miguel Valle de Figueiredo)

 

Anda um homem alquebrado, como se de colarinho apertado se tratasse. Convidam-no para jantar em casa amiga, lá residente casal companheiro de há décadas. Come bem e também bebe, conversa pelo menos tão bem. Afaga-se nisso. No fim trazem-lhe esta fotografia, a foto que é a "minha" Ilha de Moçambique pensei e senti logo quando a vi, há alguns anos. E dão-lha. O homem desalquebra-se, comovido.

 

Saí lá de casa alcandorado. Pronto a encontrar aquela luz, lá no fundo, nada exagerada como nunca o é o horizonte. 

 

publicado às 12:06


Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos