Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




...

por jpt, em 19.05.04

Casamento Real. Anda animada uma das subsecções da blogosfera que frequento: o Bota incarnou o Richelieu, o Tugir fez-se Athos, e o sangue ameça jorrar por via de amores nobres.

Só temo que as tropas desavindas se aboletem cá pelo albergue, vazando-me celeiro e adega, partindo-me o balcão, cavalgando-me as colheitas, arrebanhando-me as empregadas. Para prejuízo já basta o vestido novo da senhora e o remendo no gibão mais as meias-solas, tudo isso para irmos assistir ao desfile.

publicado às 18:29


3 comentários

Sem imagem de perfil

De jpt a 03.06.2008 às 14:31

Põe em marcha a função reabastecimento, no âmbito de uma operação logística, e tudo correrá bem...
Um abraço.

Publicado por: LE. às maio 19, 2004 05:08 PM
http://oceanus-occidentalis.weblog.com.pt/
Sem imagem de perfil

De jpt a 03.06.2008 às 14:31

Quanto aos comes-e-bebes, tem sempre aí o PMA à mão ou ao pé. Quanto aos trajes, ó homem quero crer que ao casal qualquer trapinho lhe cai bem. Quanto género sopeiral, aí, o caso fia mais fino... estes mariolas idos do puto são uns badalhocos... para além de pouco avessos a lavarem-se por baixo, geralmente chegam com escorbuto.

Publicado por: Isidoro de Machede às maio 19, 2004 05:52 PM
Sem imagem de perfil

De jpt a 03.06.2008 às 14:32

"Arrebanhando-me as empregadas".
Pois, pois. Agora é que o gato foi as filhoses.
Depois que se queixem das garrafas vazias e dos cacos pelo chão.
Abraço, que isto é gente de paz.

Publicado por: LNT às maio 20, 2004 04:45 PM
http://www.tugir.blogspot.com/

comentar postal



Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos