Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A gamela da elisa

por jpt, em 03.10.09

Ando há quase seis anos a tentar ter um blog sobre mim, sobre mim e Moçambique e, até, suprema arrogância, sobre Moçambique. Falho sempre. Porque há o meu Portugal: entenda-se o meu Portugal, onde há gente como Elisa Ferreira (acho que já foi ministra, mas não tenho a certeza, e nem vou googlar, tamanho o desprezo que a mulher merece). Uma elisa ferreira que diz (pensará?) isto. Uma política que que diz isto. E gente, minha patrícia, minha co-portuguesa, que nela vota. Gente que me é estranha, certo. Mas também gente que fui aprendendo a apreciar. E, mais do que tudo, gente "meu sangue" que me é muitissimo querida, mais do que eu próprio me sou. Como é possível, esta gente ser como é ? O que há, que hidromel haverá, nesta gamela? Para transformar essa gente, esta gente, naquilo que afinal são. Meras papas, execráveis, mesmo que as amemos. Ou delas precisemos.

Que nojo de gente. As elisas, até ministras, os meus amigos que delas gostam (embora a um copo ao shamwari?), os bloguistas que nos entre-linkamos, os meus amores (onde é o natal este ano?). Que nojo de gente somos quando coexistimos com estas merdas de elisas.

(Afinal, um post sobre mim ...)

jpt

publicado às 02:23


6 comentários

Sem imagem de perfil

De José Luzia a 03.10.2009 às 13:10

A vergonha e a promiscuidade é tal que até o Pinto da Costa serve! Uma vergonha! Mas, por todas essas imoralidades, que o PS tinha obrigação de prevenir, correm inutilmente; e ainda bem, para que se veja que, apesar dos Isaltinos, dos Ferreiras Torres, das F. Felgueiras, e quejandos, ainda resta alguém com um pouco de ética. Mesmo em política!
Sem imagem de perfil

De umBhalane a 03.10.2009 às 13:25

Afinal...e parabéns, então!

gamela

Como sou de facto, facto mesmo, do Povo, entendo muito bem o que elisa ferreira quiz dizer ao Povo, e que o Povo está cansado de saber, faz muito tempo.

E não vamos querer gamelas na Câmara do Porto...

Ou pelo menos,

vamos tentar que a gamela não aumente demesuradamente de tamanho, manter a que lá está!

É que deu muito trabalho a limpar a porcaria que caía, mesmo assim, maugrado tamanho de tão grande gamela, que conspurcava tudo à sua volta.

E agora seria um autêntico fartar de vilanagem.

A fome é enorme...
e a sede também.
Sem imagem de perfil

De cg a 04.10.2009 às 00:29

:-(
Sem imagem de perfil

De sabine a 05.10.2009 às 10:37

Interessante post, tanto pelo que diz como pelo que não diz.
Sem imagem de perfil

De Pedro Silveira a 05.10.2009 às 22:14

Elisa não é fixe
Sem imagem de perfil

De elisa a 06.10.2009 às 12:49

não tem nada que ver com o nome... a verdade é que acredito mesmo que ela não usará a "gamela" de bruxelas, nem outras, escondidas, camufladas em muito anunciadas transparências e honestidades que afinal sustentam arrogâncias inúteis, tachos preversos e medidas inconsequentes.
Do outro lado há quem diga que é "humildemente fascista"

comentar postal



Bloguistas




Tags

Todos os Assuntos