Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Choriro, de Ungulani Ba Ka Khosa

por jpt, em 21.11.09

Khosa Choriro

[Ungulani Ba Ka Khosa, Choriro, Alcance, 2009]

Lançamento esta semana em Maputo. Como é habitual no caso de Ungulani, escritor com particular enraizamento na cidade, aconteceu uma enchente - e uma simpática editora ainda algo inexperiente nestas coisas, a deixar surpreender-se pela dimensão do momento, de repente sem livros para vender no lançamento. 100 exemplares disponíveis para um lançamente do Khosa? Enfim, pormenores, até porque correu bem, muita gente feliz com livro debaixo do braço.

O livro é romance histórico, a reconstrução do vale do Zambeze desde XVI. Terrenos difíceis, ainda que o grande sucesso de Ungulani seja exactamente a (alegórica) reconstrução ficcional da chefatura de Ngungunhane. Aurélio Rocha apresentou, louvando a qualidade histórica do livro - a mim isso assusta-me, quero mais do que realismo historiográfico (ainda que Rocha não o tenha reduzido a isso, isto são mais fantasmas meus)- Os dois amigos comuns que já leram o livro estavam muito satisfeitos, agradados com a conquista. Sim, que desde a "Orgia dos Loucos" é o grande livro de Khosa, afiançaram. O regresso, finalmente. Para ler, já!

jpt

publicado às 03:11


1 comentário

Sem imagem de perfil

De ABM a 22.11.2009 às 08:06

Aqui em Alconetre Ungulani é um sopro de muito longe...o meu nº1 das letras de Moçambique, mesmo sem ter lido. Mas hei-de ler. Tem que ser.

comentar postal



Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos