Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




unicredit.jpg

Unicredit

 

Para além da nossa maluquice clubista, aquilo das paixões, isto da bola futebol é, e agora é-o acima de tudo, um negócio. A gente, até desaustinada, resmunga o que aconteceu nestes dois jogos e lembra-se do que aconteceu na liga do ano passado com a protecção aos patrocinados pela empresa Gazprom. E para o ano que vem, e nos vindouros também, lá estaremos, no estádio e diante dos ecrãs. A gritar "gatunos", "corruptos", aos árbitros, aos platinis, aos etc. Não vale a pena mesmo. A única coisa que poderia valer, ainda que talvez quixotesca, seria nunca consumir os produtos dos patrocinadores desta Liga Platini. Fazer os "donos da bola" pensar se este é o caminho mais ... lucrativo. É o que farei: deste conglomerado de "multinacionais" lembro-me de ter comprado batatas fritas Lays: nunca mais o farei. A Heineken terei bebido há anos, mas nunca mais pois é uma merda. E amanhã irei entregar o cartão de crédito do MasterCard ao banco. Quanto ao resto nem conheço nem conhecerei. Se já não somos adeptos mas apenas consumidores que nos comportemos como tal. Que é a única coisa que nos resta.

 

Playstation.jpg

 

Playstation

 

mastercard.png

 

Mastercard

 

lays.jpg

 

Lays

 

nissan-logo.jpg

 

Nissan

 

gazprom_416x416.jpg

 

Gazprom

 

heineken.jpg

 

 

Heineken

 

adidas.png

 

Adidas.

 

 

 

 

 

 

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:

publicado às 01:48


1 comentário

Sem imagem de perfil

De apostas betclic a 08.09.2015 às 20:12

O futebol é mais do que uma paixão, é um negócio puro para muitos... Consumir ou não estes produtos não fará talvez grande diferença, mas é uma forma compreensível de "protesto"...

comentar postal



Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos