Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os erros dos professores

por jpt, em 07.08.14

 (Matola-rio, Junho 2014)

 

Houve uma avaliação aos professores em Portugal. Não faço a mínima ideia do seu conteúdo ou qualidade. Apenas leio uma notícia com o título "Maioria dos professores deu erros [porventura o jornal quereria dizer "errou"] de português na prova da avaliação", "ortográficos [de ortografia?], de pontuação [pontuativos?], de sintaxe [sintácticos?]". O breve título é repetido no DN, no JN e no Público, deixando adivinhar alguma origem que lhes é estranha, talvez até oficial. Enfim, bastará o seu coloquialismo e a ilógica presente nas poucas cinco palavras que descrevem os erros acontecidos para provar que isto de escrever português é um martírio. Infelizmente não há notícias sobre hipotéticos erros em matemática, química, desenho, história ou outras quejandas coisas.

 

Como os visitantes do blog bem sabem cometo falhas ortográficas. Não muitas, mas algumas: ainda há pouco foi um "insonso" que me valeu insultos de visita discordante, ... E esforço-me, sempre atrapalhado com isto dos hífens, e agora ainda mais devido à tralha ortográfica, sempre entre o dicionário e o google. Quanto à sintaxe e à pontuação é melhor nem falar, uma constante trapalhada - esta tendência de virgular cada arquejo, para travessar cada meneio. Por isso estou solidário com os colegas erradores.

 

E espero que não levem purrada.

publicado às 06:52


2 comentários

Sem imagem de perfil

De António Pereira a 17.05.2015 às 01:29

Mas qual o problema com insonso? Trata-se de uma variante de insosso, a par de ensosso. E ainda temos o termo insulso, mais erudito...
Imagem de perfil

De jpt a 18.05.2015 às 20:25

Aleluia!!! Eu sempre escrevera insonso (e dissera) Mas com o ataque violento que aqui sofri, até ilegitimador, recuei ao dicionário online e cedi Fico mais aliviado e regresso ao "nasalismo"

comentar postal



Bloguistas




Tags

Todos os Assuntos