Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sendo Sancho Pança

por jpt, em 24.03.14

 

 

Entre 2011 e 2013 recebi inúmeros pedidos de ajuda, sob diversas modalidades, de compatriotas meus interessados em trabalharem em Moçambique. Gente conhecida e até amiga. Outros amigos d'amigos ou conhecidos de conhecidos. Outros totalmente desconhecidos, chegados via blog, twitter ou facebook ou, também, google. Procurei responder, pelo menos à maioria (e que me desculpem aqueles a quem não terei respondido). Não terei sido verdadeiramente útil, mas tentei compensar essa inutilidade com algum fumo simpático. 

 

Inútil terei sido pois nem tenho trabalho para distribuir e na minha área não há exactamente um "mercado" pujante de trabalho e "redes" de contactos frutíferas. Mas, repito, tentei botar algo. Acima de tudo porque sempre pensei que quem procura trabalho merece o respeito e a solidariedade possível. 

 

Entretanto os pedidos (de informações, de contactos, de opiniões, de trabalho) findaram, e há já bastante tempo. Talvez por eu ter aqui escrito algumas vezes que nada tenho para redistribuir (laboralmente). Talvez por o fluxo emigratório português ter afrouxado. Talvez porque o 2013 moçambicano foi duro, e muito noticiado. Talvez por tudo isso junto.

 

Ainda assim fiquei sempre com algum sentimento de culpa, de não ter sido mais solidário, pelo menos com os trabalhadores da minha área. 

 

Por isso (re)escrevi um texto, dedicado a compatriotas da antropologia e outras disciplinas primas (na verdade as diferenças não existem), esses que pensam em trabalhar a sul, não obrigatoriamente em Moçambique. Não é um manual de emigração, longe disso. É um rescaldo autobiográfico, de um tipo quase nos 50 anos, que emigrou antes dos que emigram ou emigraram ou emigrarão agora. É longo, é chato, tem os tiques académicos (aquela coisa da notação bibliográfica). Pode ser que seja uma merda. Mas é solidário. 

 

Chama-se "Sendo Sancho Pança. Monólogo para colegas compatriotas sobre olhar em África." (basta clicar para o ler) 

publicado às 23:53


comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Bloguistas







Tags

Todos os Assuntos