Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Carlos Vaz Marques repõe aqui a entrevista que há alguns anos fez a Amin Maalouf, agora galardoado com o Prémio Príncipe das Astúrias - um prémio muito "simpático", bem simbolizando como os "nossos irmãos" espanhóis não encerram o seu olhar nas masmorras da língua. De Maalouf o que mais admiro? Do que li - "Leão, o Africano", "Samarcanda", "Jardins de Luz", "O Século Primeiro Depois de Beatriz", "As Identidades Assassinas", nem tudo ao mesmo nível - prefiro o fantástico "As Cruzadas Vistas Pelos Árabes" (sobre o livro ler nota de Maria João Cantinho, no Crítica: Revista de Filosofia). E vale a pena ouvir a entrevista.jpt

publicado às 14:45


Bloguistas




Tags

Todos os Assuntos