Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Carlos Pinto Coelho: a seu ver

por jpt, em 16.12.10
[caption id="attachment_25876" align="aligncenter" width="740" caption="Carlos Pinto Coelho (Nova Iorque "Calor de Agosto")"]
[/caption]
Carlos Pinto Coelho (Lisboa ... "Coisa de garça alisando as penas")

[Carlos Pinto Coelho, A Meu Ver, Lisboa, Pégaso, 1992]

De Carlos Pinto Coelho, a propósito da sua fotografia (de amador, como se reclamava), disse Nuno Brederode dos Santos, captando-lhe o olhar abrangente:

"Vejo ternuras e raivas, gritos e humilhações, esperanças e decadências, confidências e denúncias, o momento e o eterno, pormenores e horizontes. (...) E, de vez em quando, vejo a vingança do teu, que é o nosso, remorso: um sorriso na miséria ou uma crispação na opulência.

O teu livro não tem nexo, porque esse é o nexo que tu vês no mundo. (...) A vida faz-se com tudo, porque tudo é a vida. Até a morte."

Morreu agora. Cedo.jpt

publicado às 07:38


Bloguistas




Tags

Todos os Assuntos