Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O sentido da vida

por AL, em 24.01.15

Pelo meu cientista favorito...

 AL

publicado às 22:19

A arte da ciência

por jpt, em 13.10.11
 

Hoje conheci Julian Voss-Andreae, escultor alemão baseado em Portland nos Estados Unidos. Mão amiga deu-mo a conhecer. Julian iniciou uma carreira como pintor mas acabou por se licenciar em física quântica e actualmente adiciona esculturas baseadas na ciência que estudou aos trabalhos científicos que continua a publicar. O seu site, com fotos dos seus trabalhos e diversos vídeos vale a pena ser visitado.A fotografia acima é de um dos seus trabalhos chamado Angel of the West , inspirado na estrutura molecular do sistema imunitário humano, ou seja, na estrutura molecular dos anti-corpos. Porque afinal que são os anti-corpos senão pequenos anjos que nos protegem?A física quântica olha para o mundo de uma forma muito diferente da do nosso olhar e descreve um objecto em movimento como se fosse um conjunto de ondas que se movem perpendicularmente à direcção do movimento. O que a escultura retratada aqui em baixo, Quantum Man, um conjunto de placas verticais de aço que “desaparecem” conforme nos movimentamos, retrata na perfeição. Matéria sólida que parece dissolver-se perante o nosso olhar. Uma maravilhosa metáfora visual do mundo quântico.AL

publicado às 01:15

A beleza da ciência

por jpt, em 02.10.11

 

 

Diletante que sou da ciência esbarro ocasionalmente em websites que me deslumbram. Hoje aconteceu-me este, Bolshoi Simulation, a simulação cosmológica actualmente mais precisa do nosso Universo feita com base no mapeamento da luz do Big Bang e com um super-computador capaz de calcular a evolução de uma região específica do Universo com um diâmetro de um milhar de milhão de anos-luz. Este tipo de simulação é actualmente a base para quase toda a pesquisa a ser feita sobre a estrutura do Universo e sobre a evolução das galáxias.E eu, embora incapaz de abarcar o grau de abstracção que aqui me trouxe, com ele me deslumbro e assombro-me com a beleza da sua visualização. Da mesma forma que nunca deixo de me assombrar quando olho para o céu e comento comigo que é para o passado que estou a olhar.

 

It's lovely to live on a raft. We had the sky up there, all speckled with stars, and we used to lay on our backs and look up at them, and discuss about whether they were made or only just happened (Mark Twain).

 

Ai como é bom viver numa jangada!

 

AL

publicado às 21:42


Bloguistas




Tags

Todos os Assuntos