Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"The Beach Boys" foram, ou melhor, são imensamente populares. Tanto que durante um certo período rivalizaram com os Beatles nessa popularidade o que se diria tarefa ingrata senão impossível. Um dos seus álbuns - Pet Shop - continua a ser considerado uma referência de produção e influenciador da rocalhada e a culpa maior deve-se a um dos manos Wilson, o perfeccionista Brian.

O grupo dos subúrbios de Los Angeles, Califórnia, que criou o designado Surf Rock, apresenta-se aqui em grande estilo. Este curto filme de 1964 fazia parte de uma série com várias estrelas do Rock and Roll e passava em circuito fechado de televisão em salas de cinema espalhadas pelos Estados Unidos da América.  Sabia-se da existência mas não do paradeiro da película até que foi encontrada em 1998 para gáudio dos apreciadores. 

 

 

publicado às 21:10
modificado por jpt a 28/12/14 às 23:25

 

"Se quiserem dar outro nome ao Rock and Roll podem chamá-lo Chuck Berry", disse John Lennon a respeito daquele que foi o homem que (melhor) definiu a fórmula do género. Foi a partir da sessão de gravação em 1955 de "Maybellene" (um tema originalmente chamado Ira Red) que se fez o assento de  nascimento da história do Rock and Roll. Não fosse Charles Edward Anderson Berry, mais conhecido por Chuck Berry, e Elvis Presley, os Beatles, os Beach Boys, Bob Dylan e os Rolling Stones entre outros milhares não teriam sido o que se sabe (dos Rolling Stones basta ouvir as primeiras gravações, uma espécie de playlist de Berry...).

"Maybellene", "Roll Over Beethoven", "Little Quennie", "Johnnie B. Goode", "Memphis Tenesse" ou "Rock and Roll Music" eram e são o que chega para entender a influência determinante de Chuck Berry para aquilo que se faz há 60 anos.

Como bónus temos aparições de Jonh Lennon, Tina Turner e um vídeo muito engraçado de Chuck Berry com Keith Richards ("Oh Carol" de Neil Sekada).

Enfim, chega de lenga-lenga e tomem lá disto!

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

publicado às 22:00
modificado por jpt a 28/12/14 às 23:25

 
 

O conjunto - como se designavam dantes as bandas do rock e do pop - Ten Years After confunde-se muitas vezes com o seu líder, o supersónico guitarrista Alvin Lee, e o seu repertório assentava numa mistura de Rock and Roll, Blues e British Blues com algumas incursões psicadélicas. A primeira formação - a clássica - durou de 1967 a 1974 com Alvin na guitarra e voz, o mais que roqueiro baixista Leo Lyons, um virtuoso Chick Churchill nos teclados e o poderoso Ric Lee (não é parente do Alvin que, na verdade, se chamava Graham Anthony Barnes...) na bateria, gravou nesse período 8 discos de estúdio e 3 álbuns ao vivo ("Undead" de 1968 em que se destaca a primeira gravação de "I'm Going Home" a par de duas peças de jazz, o "Live The Filmore East", gravado em 1970 nesse outro templo nova-iorquino e cujas bobines só foram descobertas em 2001, e o mítico duplo "Recorded Live" de 1973. Os TYA garantiram algum sucesso desde o seu surgimento que os atravessou em 1969 de Inglaterra para Woodstock, onde ficará no ouvido a guitarra do pirotécnico Alvin Lee e se este se confunde com os Ten Years After, a Gibson 335 encarnada funde-se nele e ficou como imagem de marca.

 

 

O lendário e prestigiado templo londrino The Marquee (onde os Stones fizeram a sua primeira apresentação) na passagem do seu 25º aniversário em 1983, reuniu o grupo, do qual, confesso, sou grande fã (tenho a discografia completa em vinil e em cd, com repetições... e ainda uma ou outra colectânea e alguns dos álbuns a solo do Alvin Lee, o meu "guitar hero" de pré-adolescência...), e aqui fica o registo da função que abre com "Love Like a Man", um dos "riffs" mais conhecidos de "toda a música ró" (relembrando o extraordinário Serafim Saudade/ Herman José), e acaba com "I'm Going Home". De notar que o que segue parece-me editado por quem o disponibilizou no tubo já que o alinhamento dos temas não é o que está no dvd original.

 

 
Discografia sugerida:
"Undead" - 1968
"Stonehenge" - 1969
"Cricklewood Green" - 1970 ( com a versão original de "Love Like a Man)
"A Space in Time" - 1971
"Recorded Live" - 1973
 
 

 

 

publicado às 20:35
modificado por jpt a 28/12/14 às 15:07

"...You do an album and then you have the rest of your life...."

 

publicado às 19:00
modificado por jpt a 23/1/15 às 01:40


Bloguistas




Tags

Todos os Assuntos