Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Inhambane por Luís Souto

por jpt, em 30.11.10

[Luís Souto, capa de Wona Gaya]

 

Avisei quando foi inaugurada esta "Wona Gaya", exposição fotográfica dedicada a Inhambane que é organizada por Luís Souto. Contém 40 fotografias do autor (de 2010 e de 1988) e integra ainda duas reproduções das célebres fotografias publicadas em 1929 por Santos Rufino, nesse cruzar de três épocas intentando um passeio pela história da cidade. O catálogo contém ainda uma pequena história do núcleo urbano, de Cândido Teixeira.

 

A mostra é pictórica, centrada na arquitectura e paisagem, com pequenas investidas no mundo comercial e piscatório. E faz jus ao encanto local, nisso privilegiando o transporte cromático. Por isso mesmo será normal que venha a constituir-se itinerante - em Portugal teria público com toda a certeza. E a sua apresentação teria toda a "legitimidade"  pelo menos nas cidades em tempos geminadas com Inhambane (se as tais gemelagens não servem sequer para isto, para um entre-conhecimento, para que servirão?).

 

[Luís Souto, Hotel Carlton, Inhambane]

 

[Luís Souto, sem título]

 

Mas o Luís Souto não se limitou a fotografar. Deixou também entrar a luz, apenas a suficiente, sem estragar o efeito, para pensar o real de agora. Imprimiu essa "fotografia" assim:

 

"Ver Inhambane é também ver, com tristeza, a descaracterização da cidade com a colocação abusiva de painéis publicitários, com a pintura das paredes (e não só) com publicidade que destrói a identidade dos indivíduos. É ver novas construções em locais totalmente desadequados que impedem a vista e quebram a harmonia da cidade.

 

Ver Inhambane é, finalmente, saber que a cidade está protegida pela Lei do Património Cultural; perceber que a modernização por vezes conflitua com a preservação e que, nesta dicotomia, aparecerão sempre os novos mercadores tentando, como no passado, trocar ouro por missangas."

 

[Luís Souto, sem título]

 

jpt

publicado às 09:41

Wona Gaya, Inhambane em Maputo

por jpt, em 30.10.10

 

Abaixo referi a realização desta exposição "Wona Gaya" na Kulungwana, a galeria existente na estação dos CFM em Maputo. Mais informações agora. Trata-se de um trabalho produzido pelo historiador Cândido Teixeira e pelo fotógrafo Luís Souto, tendente a reflectir as mudanças que a história vem trazendo à cidade. Assim a exposição consta de fotografias publicadas por Santos Rufino (década de 1920s, obviamente a sépia) e de fotografias actuais, da autoria de Luís Souto. "Vê a Tua Terra" ("Wona Gaya" em bitonga, uma das línguas de Inhambane) é assim uma proposta de leitura do percurso da cidade, algo que se apresenta apetitoso.

 

Como diz o cartaz a exposição estará na Kulungwana entre 4 e 18 de Novembro (estas partes redundantes do texto fazem-me sempre lembrar o Ricardo Rangel a protestar contra as legendas das imagens). Anteriormente esteve no Conselho Municipal de Inhambane. Aí, e ainda que já tenha encerrado oficialmente está ainda disponível para os visitantes que a queiram "espreitar". Portanto, quem siga a Inhambane tem programa.

 

Mesmo sem ter ainda visto a exposição não posso deixar de antever a sua itinerância. Por exemplo por cidades geminadas (gemeladas) com Inhambane. Que melhor forma de fazer conhecer uma cidade?

 

jpt

publicado às 22:18

Um excelente texto da historiadora Ana Cristina Nogueira da Silva (ACNS), Fotografando o Mundo Colonial Africano. É um texto académico (no jargão "paper") que pode afastar alguns leitores mais atreitos ao registo blog, mas mais do que justifica a sua leitura. Trata-se de uma bela análise dos processos intelectuais presentes na iconografia produzida no tempo colonial sobre as colónias africanas, tomando como exemplo os álbuns produzidos por Santos Rufino na década de 1920 sobre Moçambique. ACNS aborda, com clareza, os estereótipos sobre a natureza e sobre as populações que estão presentes / e são produzidos no acto de fotografar, bem como os propósitos (conscientes ou inconscientes) de índole política que estavam presentes no formato descritivo de então. Se interessante para quem tem apreço pela historiografia é um texto também fundamental para quem aprecia (e reproduz) as galerias de "postais" e "fotografias" de um tempo particular. Para pensar como se pensava, para ver como se via. E como se pensa e vê, em tantos casos.

jpt

publicado às 11:32

Os livros de Santos Rufino

por jpt, em 20.09.09

santos-rufino-malema

santos-rufino-xai-xai

santos-rufino-velho-exotico

 

Os célebres Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique (com ligação para a sua completa apresentação digitalizada organizada pelo projecto Memórias de África), uma fabulosa publicação iconográfica do final dos anos 1920s, foram longamente apresentados pelo belo blog Companhia de Moçambique. Também aqui lhes fui fazendo referência.

 

Agora tive a suprema felicidade (até eu de mim próprio tenho inveja) de me ter sido oferecida uma colecção. Um homem passa a vida a apoucar-se, a automelindrar-se, a autofagiar-se. E depois, a meio dos quarenta, descobre que tem um amigo que lhe oferece uma coisa destas ...

publicado às 02:28

A colecção de álbuns de Santos Rufino é coisa de culto. Agora que sei haver uma colecção completa à minha espera em Portugal, aquisição de um bom amigo (quem tem amigos assim ... temo até não merecer tamanha felicidade), não resisto a partilhar o acervo digitalizado, algo integrado no trabalho espantoso de Memórias de África, o qual nunca será demais salientar.

 

Aqui ficam os diamantes - para aí se perderem.

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Companhia de Moçambique - A Cidade da Beira. Aspectos do Território - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 113

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Distrito de Moçambique - Aspectos Gerais - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 134

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Distrito de Quelimane - Aspectos Gerais - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 120

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Gaza e Inhambane - Aspectos Gerais - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 133

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Lourenço Marques - Aspectos da Cidade, Vida comercial, Praia da Polana, etc. - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 155

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Lourenço Marques - Edifícios Públicos, Porto, Caminhos de Ferro, etc. - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 118

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Lourenço Marques - Indústrias, Agricultura, Aspectos das Circunscrições, etc. - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 130

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Lourenço Marques - Panoramas da Cidade - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 38

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Raças, Usos e Costumes Indígenas. Fauna Moçambicana - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 143

 

Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique: Tete e Cabo Delgado (Niassa) - Aspectos Gerais - [Álbuns Fotográficos e Descritivos da Colónia de Moçambique]Autor(es): José dos Santos Rufino | Pags.: 104

publicado às 11:13

Os postais de Santos Rufino

por jpt, em 29.08.04

Abaixo deixei a dúzia de postais de Santos Rufino que reproduzi no Ma-schamba ao longo de alguns meses. Aproveitando a chamada de atenção do Abrupto, a qual implicará a chegada de leitores desconhecedores deste blog e dos postais e álbuns em questão, e o início da sua cuidada apresentação no Companhia de Moçambique. Espero que esta curta série incentive o interesse geral na tarefa a que o Rui se vai dedicar.

publicado às 13:00

Ilha de Moçambique

por jpt, em 29.08.04

(postais de Santos Rufino, 1928)

publicado às 12:59

Praia da Ilha de Moçambique

por jpt, em 29.08.04


(Postais de Santos Rufino, 1928)

publicado às 12:50

Fortaleza S. Sebastião

por jpt, em 29.08.04



Fortaleza de S. Sebastião, Ilha de Moçambique, (Santos Rufino, 1928)

publicado às 12:11

Praça 7 de Março

por jpt, em 29.08.04

"Lourenço Marques, Praça 7 de Março". Edição de Santos Rufino (1928).
Nota: terça-feira, dia 13, no Varieta passaria "Danger Girl" com Priscilla Dean; no dia 20 seria "O Inferno" de Dante Aligheri.
[doação de António Botelho de Melo]

publicado às 11:16




A construção do exótico típico: "Africa Oriental Portuguêsa. Uma figura exotica da Zambezia". Edição de Santos Rufino (1928)

publicado às 11:08

Avenida 5 de Outubro

por jpt, em 29.08.04

Edição de Santos Rufino (1928).

[doação de António Botelho de Melo]

publicado às 10:25


Gare da Estação Central dos Caminhos de Ferro, Maputo (ex-Lourenço Marques). Postal editado por Santos Rufino (1928).

[Doação de António Botelho de Melo]

publicado às 10:20

Condutor de "ricshaw"

por jpt, em 29.08.04

 

Condutor de "ricshaw". Postal editado por Santos Rufino (1928), série "Tribos Nativas, Hábitos e Costumes".

 

Excelente exemplo da criação de um imaginário.

publicado às 10:15

Rua Consiglieri Pedroso

por jpt, em 29.08.04

Rua Consiglieri Pedroso (Main Street), Maputo (ex-Lourenço Marques). Edição de Santos Rufino (1928).

publicado às 09:33


Bloguistas




Tags

Todos os Assuntos